Um homem foi preso preventivamente pela Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), suspeito de ter matado e queimado o corpo de Matheus Pinto de Sousa, de 18 anos. A prisão foi realizada nesse sábado (7), em Bom Jesus das Selvas, cidade a 469 km de São Luís.

De acordo com as investigações da polícia, o suspeito teria matado a Matheus Pinto a golpes de faca, em seguida, amarrou o corpo da vítima com cordas, enrolou em uma rede de dormir e carbonizou o corpo do jovem na fornalha de uma carvoaria. Matheus estava desaparecido desde o dia 16 de abril. O corpo foi encontrado no dia 1º de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui