De acordo com o depoimento prestado pelo suspeito, ele convenceu Jennifer Almeida da Silva, que era sua namorada, a assassinar Amanda Sousa Cruz e Débora Vieira como uma “prova de amor”. No dia seguinte, o suspeito se encontrou novamente com Jennifer e a assassinou.

Na tarde dessa terça-feira (2), policiais militares capturaram dois homens dentro de uma residência, em Davinópolis – distante 663 km de São Luís, pos suspeita de participação na morte das três jovens encontradas em um riacho.De acordo com a PM, um deles, identificado apenas como “Biel”, confessou a participação nos três assassinatos. Além de drogas, três celulares também foram apreendidos no imóvel. Um dos aparelhos, inclusive, pertencia a Jennifer.
Ao Jornal Pequeno, o delegado Jair Paiva confirmou a prisão e que apenas Biel teria envolvimento na ação criminosa.
As três jovens foram encontradas mortas na cidade de Davinópolis, nessa segunda e terça-feira. Primeiro, a polícia localizou os corpos de Débora, de 18 anos, e Amanda, de 13, dentro do Riacho Cacau. A PM informou que as vítimas apresentavam lesões no abdômen, pescoço e braços, causadas por perfurações de arma branca. Elas estavam desaparecidas desde a última quinta-feira, 28 de julho.
Nessa terça-feira, populares encontraram o corpo de Jennifer, de 17 anos, amiga das vítimas.
De acordo com a polícia, Jennifer estava à procura das amigas desaparecidas, e também sumiu. Ela foi encontrada por populares com marcas de violência pelo corpo, na mesma região onde as outras duas jovens foram encontradas mortas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui